segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Duas vidas

Duas vidas

Não vivia intensamente
Mas sentia da maneira mais intensa possível
Duas vidas num só corpo
Uma intensa, outra não
Produzindo instabilidade
Duas vidas
Mas qual vida viver?
Num só corpo
Lutando
Rasgando
Matando
Duas vidas num só corpo
Morrendo


M.A.

3 comentários:

  1. Oi, Ma!! Voltei!!

    Adorei o seu poema, claro...
    Lembrei mt do filme Cisne Negro qd li, na verdade...
    Os dos lados num só corpo, o branco e o negro...
    (Viajando, sempre...rsrs)

    Saudade dos seus comentários! ;)

    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Olá querida menina,
    Obrigada pela visita ao meu blog, fico muito feliz quando alguém se lembra de mim.

    Olha que esta postagem está dificil de ser compreendida, mas aqui vai meu parecer.
    Não sou psicóloga, porém pelo que deduzi achei que os sonhos te levaram a viver duas vidas, mas não esqueças de viver a mais intensa e não te deixar abater por frustações que por ventura venham acontecer.
    Desculpa se não visito teus outros blogs, é que não disponhode muito tempo.
    Um beijo com carinho.

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante o blog !
    Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

    www.bolgdoano.blogspot.com

    Muito Obrigada, desde já !

    ResponderExcluir